Type Here to Get Search Results !

Vereador Victor Dimba é processado por propagar fake news sobre transporte escolar em Planaltina de Goiás e pode pagar R$40.000 de indenização

O vereador Victor Dimba (PRTB), de Planaltina de Goiás, poderá ser condenado a pagar uma indenização de R$40.000 por propagar fake news sobre o transporte escolar de Córrego Rico na zona rural de Planaltina de Goiás



O Vereador Victor Dimba, que atua na cidade de Planaltina de Goiás, está sendo processado pela empresa J L GOMES DA SILVA - ME e seu proprietário, João Luiz Gomes, por propagar informações falsas sobre o transporte escolar oferecido pela empresa. Caso condenado, o vereador poderá ter que pagar uma indenização no valor de R$40.000.

De acordo com informações divulgadas pela imprensa local, Victor Dimba teria usado suas redes sociais para compartilhar informações inverídicas sobre a qualidade dos serviços oferecidos pela J L GOMES DA SILVA - ME no transporte escolar, o que teria causado danos à imagem da empresa e prejuízos financeiros.

O processo está em curso e aguarda decisão judicial. Caso seja comprovado que o vereador propagou informações falsas, ele poderá ser responsabilizado civil e criminalmente pelos danos causados à empresa e ter que pagar a indenização solicitada pela J L GOMES DA SILVA - ME.

Vale ressaltar que a propagação de notícias falsas pode causar danos irreparáveis à reputação de pessoas e empresas, além de gerar prejuízos financeiros e até mesmo colocar em risco a segurança e a integridade física de indivíduos. Portanto, é importante que as informações divulgadas sejam sempre verificadas e comprovadas antes de serem compartilhadas.

O vereador Victor Hugo utilizou suas redes sociais para divulgar informações falsas sobre a empresa responsável pelo transporte escolar no povoado de Córrego Rico, em Planaltina. Segundo investigações da administração pública municipal, o objetivo do parlamentar era conseguir engajamento eleitoral e audiência com o público da região, além de desestabilizar o sistema educacional.

A empresa e seu proprietário foram alvo de duras críticas por parte da população, que foi influenciada pelas Fake News espalhadas pelo vereador. De acordo com as informações falsas divulgadas, os autores teriam deixado de transportar os alunos do povoado por 15 dias, prejudicando a educação dos munícipes.

No entanto, a investigação realizada pelo Fundo Municipal de Educação e seus gestores de contrato constatou que as notícias divulgadas pelo vereador não eram verdadeiras. Os autores foram investigados por meio de inspeção da Secretaria de Educação e outros técnicos na região de Córrego Rico, com a elaboração de pareceres técnicos e a oitiva de testemunhas.

Todas as alegações dos autores foram comprovadas pelo motorista de transporte escolar do povoado, Alberto Venancio Oliveira, pelo presidente da Associação de Moradores de Córrego Rico, Fernando Luiz, e pela secretária municipal de Educação, Eliete Ferreira de Oliveira.

O vereador Victor Hugo fabricou uma falsa informação para difamar a empresa prestadora de serviço de transporte escolar, atingindo ainda a credibilidade da Secretaria de Educação Municipal entre seus alunos e pais beneficiários do sistema. O prejuízo causado não poderá mais ser reparado.

A decisão poderá ser proferida pelo Tribunal de Justiça de Goiás em Goiás, que considerou que o parlamentar divulgou informações falsas com o intuito de prejudicar a imagem do serviço de transporte escolar e dos profissionais que atuam na área. Ao compartilhar a notícia falsa, o vereador Victor Dimba prejudicou a imagem dos profissionais que atuam no transporte escolar em Planaltina de Goiás, além de causar um grande tumulto entre a população local. A decisão do Tribunal de Justiça de Goiás tomar poderá servir como um importante alerta para políticos e figuras públicas, que devem se responsabilizar pelo que compartilham em suas redes sociais e evitar propagar informações falsas que possam causar danos à sociedade e à reputação de pessoas e instituições.

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam. Todos os comentários são revisados pelo Administrador.

Top Post Ad

Below Post Ad

PUBLICIDADE